Show no Portão Cultural mostra o violão do sul do Brasil

19 Feb

O violonista Francisco Luz faz duas apresentações, neste sábado e domingo (23 e 24), no Auditório Antonio Carlos Kraide – Portão Cultural, com a proposta de divulgar a obra para violão erudito escrita por compositores do sul do Brasil. Entre nomes que despontam no cenário mundial e outros pouco divulgados, o programa inclui composições de autores que nasceram ou vieram de outros lugares, mas desenvolveram seu trabalho ativamente nos três estados da Região Sul. Um dos destaques do programa é a estreia da “Valsa Seresteira”, do paranaense Waltel Branco.

Segundo o violonista, existe uma forte produção e uma clara movimentação em prol desse instrumento no sul do país, mas seus resultados ainda são desconhecidos do grande público. “A Região Sul, pela sua tradição musical europeia e pela proximidade com países de língua espanhola, denota uma grande diversidade de linguagens e estilos musicais”, diz o músico.

Essas influências ficam mais evidentes a partir de 1970, com compositores como o uruguaio Abel Carlevaro e Jaime Zenamon em Curitiba, e de outros grandes violonistas sul-americanos que passaram a atuar como docentes em universidades gaúchas ou nas edições dos famosos Seminários Internacionais de Violão. Com um concerto de caráter didático, o músico pretende compartilhar a pluralidade dessa obra que abrange a tradição musical europeia, contemplar o violão como elemento de identidade nacional e a influência da tradição violonística dos países hispânicos vizinhos.

O violonista – Francisco Luz, 20 anos, iniciou seus estudos musicais aos 7 anos no Conservatório Maestro Paulino, em Ponta Grossa (PR). Atualmente é aluno da Escola de Música e Belas Artes do Paraná, na classe do professor Luiz Cláudio Ribas Ferreira. Também estuda Harmonia com Osvaldo Colarusso e é aluno do violonista Fábio Zanon, em São Paulo.

Francisco exerce atividade como concertista desde os 15 anos. Foi convidado a se apresentar no “III Festival de Música de Ponta Grossa” e nas séries “Momento do Violão” (Londrina-PR), “Terça Musical” (Goethe-Institut Curitiba), “Mostra de Violão Brasileiro” (Canal da Música), “Semana de Concertos na Lapinha” (Lapa-PR), “V Simpósio Acadêmico de Violão da EMBAP”, entre outros. Também gravou programas para RIC TV, RPC TV e TV E-Paraná (para a série de programas “Violão Brasileiro”). Foi premiado em alguns dos mais importantes concursos de violão do país, como os nacionais “Souza Lima” (1º lugar – São Paulo) e “Musicalis” (2º lugar – São Paulo) e o “Latino-americano Rosa Mística” (1º lugar – Curitiba).

Como aluno, participou de diversos cursos e festivais no Brasil e nos Estados Unidos, destacando-se o “2011 Guitar Foundation of America International Convention and Competition” (Columbus-GA). Nessas ocasiões teve aulas com os violonistas Fábio Zanon, Henrique Pinto, Douglas Lora, Jeremy Jouve (FRA), Rafael Aguirre (ESP), Álvaro Pierri (URU), entre outros. Como camerista integra o Duonovo, juntamente com o trompetista Audryn Souza. Francisco também é professor da Escola de Música Paidéia.

 

Serviço:

Recital “O Violão do Sul do Brasil”, com Francisco Luz.

Local: Auditório Antônio Carlos Kraide – Portão Cultural (Av. República Argentina, 3.430)

Datas e horários: 23 e 24 de fevereiro de 2013. Sábado, às 20h, e domingo, às 18h.

Entrada franca.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: