Exercícios 8

29 Oct

A e B) achei esses sites de jornalismo colaborativo:

http://jaimebatistadasilva.blogspot.com.br/

http://cidadaojornalista.blogspot.com.br/

http://www.virta.inf.br/blog/?p=2526

http://brunodepierro.blogspot.com.br/

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/

C) este sites:

http://gruporbs.clicrbs.com.br/blog/2011/04/12/sites-hiperlocais-do-clicrbs-ganham-novo-layout/

http://knightcenter.utexas.edu/pt-br/blog/rede-de-sites-hiperlocais-patch-recruta-8000-blogueiros

http://www.jornalistasdaweb.com.br/index.php?pag=displayConteudo&idConteudo=1597

D) Na minha opinião :

Espaço para os internautas publicarem notícias é o que não falta. hoje em dia todos que querem tem um blog ou site.. mas a quantidade de fatos novos trazidos pelos cidadãos não cresce na mesma proporção. Grande parte dos ‘repórteres’ amadores reproduz os acontecimentos já publicados na mídia tradicional. não sou muito a fvor não .. falam o que não sabem.. uns são bons, falam do que entendem, ai sim eu acho digno, colaborar.

‘A maioria ainda não está acostumada a gerar informação. E usa a própria mídia como matéria-prima’,

E) no link: http://www.bahiadiadia.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=3262:jornal-picareta-publica-pesquisa-sem-data-de-realizacao-sem-margem-de-erro-sem-nada&catid=61:destaque-geral

Jornal picareta publica pesquisa sem data de realização, sem margem de erro, sem nada

CRIME ELEITORAL GROSSEIRO! A lei eleitoral exige que para publicar o resultado de qualquer pesquisa de opinião, o veículo de comunicação informe, OBRIGATORIAMENTE, a margem de erro, o número de pessoas entrevistadas, nome de quem contratou a pesquisa e da empresa que realizou, além do número dado à pesquisa pelo juiz eleitoral. Na pesquisa do jornal de Miro, o Topa Tudo, não consta nenhuma dessas informações

83

BAHIA – A edição 547 do Topa Tudo, jornal de circulação restrita a Porto Seguro, notabilizado por prestar serviços impublicáveis a prefeitos da região, já deveria ter sido recolhido das bancas pela polícia.

Como se sabe, a lei eleitoral, nº 9504/97, que trata da publicação de pesquisas por veículos de comunicação, estabelece como exigência obrigatória que o jornal, no caso, informe o período em que foram coletados os dados, a margem de erro, o número de pessoas entrevistadas, nome de quem contratou a pesquisa e da empresa que realizou, além do número dado à pesquisa pelo juiz eleitoral.
Por mais absurdo que possa parecer, o jornal ignorou solenemente as exigências da legislação e, num verdadeiro acinte à justiça eleitoral e ao

Ministério Público, publicou uma pesquisa totalmente irregular, feita há mais de um mês, com intuito criminoso de favorecer à campanha da candidata Cláudia Oliveira, mulher do prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, acusado de ameaçar de morte o principal adversário do sua esposa, o peemedebista Lúcio Pinto.

A pena para o responsável por publicação de pesquisa falsa é de seis meses a um ano de prisão, além de multa que pode variar de R$ 50 mil a R$ 100 m

PS: fraude, poderia ter sifo evitado, mas não foi, ujornal picareta foi criado para forjar esses dados, jornalismo colaborativo sim!

E) no link: http://g1.globo.com/economia-e-negocios/noticia/2010/06/jornal-publica-errata-sobre-anuncio-que-elimina-selecao-da-copa.html

Jornal publica errata sobre anúncio que ‘elimina’ seleção da Copa

Edição desta quarta-feira da “Folha” ainda traz o anúncio correto.
Anúncio do Grupo Pão de Açúcar, na véspera, tirava país dos jogos.

Do G1, em São Paulo

O jornal “Folha de S. Paulo” publicou nesta quarta-feira (30) um comunicado admitindo o erro ao veicular um anúncio da rede de supermercados Extra, do Grupo Pão de Açúcar, que destacava a “eliminação” da seleção brasileira da Copa do Mundo na edição do jornal desta terça (29). Na segunda-feira (28), o Brasil venceu o Chile por 3 a 0 nas oitavas-de-final da competição.

Anúncio públicado na página D21 do jornal Folha de S. Paulo nesta quarta-feira (30)Anúncio públicado na página D21 do jornal Folha de S. Paulo nesta quarta-feira (30) (Foto: Reprodução)

“Comunicamos que erramos na publicação do anúncio do Extra, referente ao resultado do jogo entre Brasil e Chile, publicado por este veículo de comunicação no dia 29 de junho de 2010, pág. D11. Ao invés do anúncio de vitória do Brasil, foi publicado, equivocadamente, anúncio citando a derrota. Lamentamos o ocorrido”, diz a errata, assinada pelo departamento comercial do jornal.

Além do comunicado, também foi publicado o anúncio correto, que comemora a vitória da equipe brasileira.

“Que venha a próxima. Wafa wafa (que significa  “Vai que dá”, no idioma zulu), Brasil. Força Extra nas quartas de final, Brasil. Faz o Penta virar Hexa”.

Nesta terça, em nota enviada ao G1, a “Folha” já havia reconhecido o erro. “A Folha de S. Paulo esclarece que no dia 29/6/2010, no Caderno ‘copa 2010’, pág D11, foi publicado equivocadamente um anúncio do Hipermercado Extra, devido a problema ocorrido na área de inserção de anúncios. A publicidade insinua que o Brasil não teria se classificado para a próxima fase da copa. Lamentamos o erro.”

Na tarde desta terça, o presidente do Conselho de Administração do Grupo Pão de Açúcar, Abílio Diniz, afirmou na sua página no Twitter que o grupo “tomará providências” e que serão responsabilizados os culpados pelo anúncio.

Em seu microblog, o empresário publicou, no mesmo dia, a seguinte declaração numa sequência de posts, por volta das 15h:

“Estou ao lado dos que se indignaram com o anuncio publicado erroneamente pelo jornal.

Ontem o Brasil fez seu melhor jogo na #Copa. Infelizmente, a Folha de SP cometeu um grave erro com o anúncio do Extra, o que é inadmissível.

Não compartilhamos com a impunidade e tomaremos as providências, que não eliminarão o erro, mas irá responsabilizar os culpados

Como Pres. do Conselho de Adm. do GPA (sic) peço desculpas, em meu nome e do Grupo, aos brasileiros e, principalmente, aos jogadores da seleção”;

PS:  nçao foi jornalismo colaborativo, foi erro do veículo mesmo , que nao prestou atençao na hora de veicular uma noticia tão iumportante como esta.

E) no link: http://correionago.ning.com/profiles/blogs/nota-p-blica-ao-jornal-a-tarde-mat-ria-plano-juventude-viva

Nota pública ao Jornal A TARDE – Matéria “Plano Juventude Viva”

Nota pública ao Jornal A TARDE – Matéria “Plano Juventude Viva”

Solicitação de errata.

 

Durante um tempo eu venho me recusando a dar entrevista à imprensa sobre o tema “Segurança Pública”, nos últimos meses fui procurado por vários veículos de comunicação e não aceitei. Ontem recebi uma ligação do Jornal A TARDE perguntando minha opinião sobre o índice de homicídios contra a juventude negra (dados do Mapa da Violência) e sobre o Plano Nacional de Prevenção a Violência Contra a Juventude Negra que foi lançado ontem (27), em Maceio (AL). Como estou desde o inicio acompanhando a elaboração e formulação do Plano aceitei dar entrevista.

Na matéria que saiu hoje (28), no Jornal A TARDE pg. A4, “Plano estimula o combate à violência contra jovens negros”, entre os destaques tem um que está escrito “A maioria dos jovens morre por brigas de tráfico ou auto de resistência”, o qual supostamente  eu assino, um erro grave do editor do caderno ou do jornalista. Em momento nenhum da entrevista eu afirmei isso, quem conhece minha atuação no movimento social e nos espaços de participação política (Conferências, seminários, audiências, congressos e etc..), sabe que não concordo com esse discurso, que é um discurso que tira a responsabilidade do estado, o qual tem a responsabilidade de garantir a vida desses jovens como rege na constituição brasileira, e esse é um discurso eurocêntrico, da elite desse país que contribui com o extermínio desses jovens, da mídia sensacionalista que criminaliza a juventude negra e violam seus direitos todos os dias sem serem punidos.

 

Solicito uma ERRA sobre a matéria ao jornal A TARDE, e tenha cuidado com o que escreve, colocar palavras na boca das pessoas é um erro muito grave. Acredito que foi um erro de digitação ou de entendimento, pois o que falei para a jornalista foi totalmente ao contrario, falei que temos que desconstruir o discurso de que os jovens que morrem nas comunidades eram envolvidos com tráfico de drogas ou foi auto de resistência, que essa desculpa não cola mais, eles estão sendo exterminados, e por mais que ele cometa qualquer delito não existe pena de morte no Brasil.


Leia o texto do A TARDE e tirem suas conclusões:

Conhecido como Dj Branco, Hamilton Oliveira, que trabalha com a mobilização de jovens por meio do hip hop, chama a atenção para o risco de o programa lançado pela ministra não ser aplicado de forma adequada.
Para Dj Branco, faltam políticas públicas. “Na área da saúde, educação, moradia e acesso ao trabalho. A maioria dos jovens morre por brigas de tráfico ou auto de resistência. A questão da mortalidade só será resolvida quando encararmos o racismo como problema estruturante”. Reclama.

Continuo acreditando que foi um erro de entendimento.

Atenciosamente,

Hamilton Oliveira (Dj Branco)
Diretor da Comunicação, Militância e Atitude Hip Hop – CMA HIP HOP
Conselheiro do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra do Estado da Bahia – CDCN

PS: Poderia ter sido evitada sim, com informaçao, busca de informaçao concreta. meio que jornalismo colaborativo. evita-se isso buscando dados e novas fontes.

F) Na minha opinião:

Nao se trata de um novo jornalismo nem aqui nem na china, nao jornalismo colaborativo deveria ser chamado. moda que fica, concerteza, mas que teremos que ter mais esse cuidado daqui pra frente, amplia sim uma nova noçao no campo do jornalismo e na sua prática também, ai entra o cuidado e a apuração.

G) O jornalista , já pelo nome tem que ter formação, bases, tem que ter nome, carreira, estudo e estudo.

reduzir? acho que que ainda não, mas daqui uns anos, pode ser que sim, esses fenomenos crescem como  erva daninha e nunca mais sai.

H) sem entrevista ainda.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: